Banco pode descontar o salário automaticamente para pagamento de dívidas? O que o consumidor pode fazer?

18ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, confirma sentença determinando ao banco que realize o ressarcimento de valores subtraídos da conta corrente da consumidora vítima do “Golpe do Motoboy” e seja proibido de realizar a cobrança de parcelas de cartão de crédito. No caso, o advogado Alexandre Berthe Pinto, conseguiu…

O acordo dos planos econômicos dos Planos Bresser, Verão, Collor I e II, como não poderia ser diferente, continua gerando dúvidas aos nossos cliente, poupadores individuais. Assim, reunimos e respondemos as 27 principais dúvidas recebidas sobre o acordo dos planos econômicos para auxiliar nos esclarecimentos e reiterar as informações contidas em Termo De Acordo Poupança. Para acessar…

Desnecessário aprofundar o quão grave é a violência que atinge o país, e, dentre outros, os prejuízos financeiros causados aos consumidores bancários são elevados, principalmente na modalidade do denominado “sequestro relâmpago”. Porém, o que muitos consumidores desconhecem é que existem situações em que decisões judicias condenam os bancos a ressarcir os prejuízos sofridos pelos clientes.

A Lei 13.786/2018, sancionada em 27.12.2018, afeta sobremaneira os consumidores interessados em adquirir imóvel na planta. Assim, respeitando opiniões opostas, entendemos que os consumidores poderão ser prejudicados e perder mais de 50% do valor investido.

Recentemente, levantamento realizado pelo laboratório de cibersegurança Psafe,  foram divulgados massivamente pela imprensa (veja aqui) e revelaram o surpreendente aumento da quantidade de fraudes bancárias envolvendo cartão de crédito/débito e transações realizadas por celulares no Brasil. Os dados apurados são assustadores, resultando em cerca de 6,7 milhões de golpes/fraudes bancárias entre os meses de janeiro…

A Black Friday já foi incorporada ao calendário brasileiro como um dos maiores dias de vendas, especialmente por intermédio da internet, com o diferencial de que o atrativo aos consumidores são os descontos, portanto sem que exista um elo emocional como há no Natal, Dia das Mães, Pais, Namorados e outros. Assim, é preciso cautela…

Sim, mas desde que exista justificativa no aumento proposto e exista previsão em contrato para o aumento em razão da mudança da faixa etária, segundo o Judiciário paulista. No caso analisado um consumidor foi à Justiça após o plano de saúde do qual era cliente, aumentar 107% quando completou 59 anos. A mensalidade saltou de…

Prezado Cliente Poupador. Conforme noticiado em várias oportunidades e melhor aprofundado no link (veja), os poupadores individuais não são obrigados a aderir ao acordo dos planos econômicos, e, como já alertado, frequentes são as intercorrências no cadastramento das informações no portal eletrônico, refletindo em prejuízo, no mínimo, temporal aos clientes. O exposto aos clientes corrobora…

Afinal, o aumento da anuidade do plano de saúde coletivo acima dos índices divulgados pela ANS é legal ou não? Veja nosso vídeo explicativo.

Página 3 de 13 1 2 3 4 5 13
Iniciar atendimento
1
Olá. Dúvida via Site ABP > Clique em enviar e aguarde alguns instantes. Você receberá o menu para que informe o atendimento desejado.