lixeira escadaNovamente, estamos diante de uma dúvida muito mais atrelada as regras de convívio social do que legal, mas alguns esclarecimentos são importantes, senão vejamos:

  • Lixo no Andar: Alguns condomínios erroneamente utilizam das escadas de emergência para colocação de lixeiras, situação que é vetada pelas normas de segurança, pois em caso de emergência as lixeiras, lixos e/ou entulhos porventura existentes dificultarão a evacuação das pessoas, podendo inclusive causar riscos de queda e agravar a ocorrência em caso de pânico, portanto, ainda que muito utilizada, tal forma é irregular, perigosa e deve ser proibida e seus infratores devidamente punidos, inclusive o próprio Síndico se permitir tal ocorrência.

Obs: a situação exclui os condomínios que possuem lixeiras instaladas em seus andares, cujo projeto tenha sido devidamente aprovado pelos órgãos competentes.

  • Coleta Programada: alguns condomínios realizam a coleta em horários pré-programados, ou seja, nos horários estipulados um funcionário toca a campainha em cada unidade condominial e retira o lixo.

Porém, tal prática, ainda que cômoda, é útil apenas para condomínios com poucas unidades, pois em razão da logística e do tempo necessário, um elevador ficará “reservado” para o trabalho, comprometendo seu uso. E ao imaginarmos em um condomínio com diversas unidades por andar e o tempo necessário para que cada morador atenda a campainha, traga o lixo etc. a logística causa na maior parte das vezes transtornos. Além disso, especialmente nas grandes cidades, o horário de coleta muitas vezes não coincide com dos condôminos que trabalham e não possuem empregados, de tal sorte que é uma prática que precisa ser estudada especificamente para cada nicho condominial.

E qual a solução então?

A solução dependerá dos anseios da comunidade condominial e dos recursos que estão dispostos a arcar para ter uma coleta de lixo mais cômoda, pois não há uma regra que satisfaça a todos.

Porém, em que pese ser menos cômoda, a mais indicada para condomínios com várias unidades é a disposição de contêineres no condomínio, inclusive para coleta seletiva, e cada condômino no horário que melhor lhe convir realiza a dispensa do seu lixo respeitando os diferentes espaços para a coleta seletiva.

Tal procedimento, pode inclusive gerar receita ao condomínio, uma vez que poderá vender o lixo produzido e é um ato que contribui para o meio ambiente.

No entanto, como falado, é um procedimento que não é muito cômodo e será necessário que todos os condôminos colaborem.

Assim, quando o assunto é coleta de lixo não há uma fórmula única com funcionalidade para todos os condomínios, é preciso que cada nicho condominial verifique a modalidade que melhor se encaixa aos anseios da maioria e é sempre proveitoso que a metodologia seja aprovada em assembléia, possibilitando assim punir quem desrespeitar as regras.

Participe, envie suas dúvidas e/ou sugestões.

  1. 25 de março de 2014

    Deixa debaixo da sua cama então ! kkkkkkkk

Deixe uma resposta:

*

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Iniciar atendimento
1
Olá. Dúvida via Site ABP > Clique em enviar e aguarde alguns instantes. Você receberá o menu para que informe o atendimento desejado.